Linux a crescer – Depois da Dell agora a Lenovo

Por | 7 de Agosto de 2007

A Lenovo vai substituir em algumas linhas de portáteis o sistema operativo da Microsoft pelo SUSE Linux Enterprise 10 da Novell. O acordo deverá ser formalizado ainda esta semana durante a conferência LinuxWorld que irá decorrer em São Francisco.

A Dell anunciou este ano um movimento semelhante, abandonando a exclusividade de instalação do sistema operativo da Microsoft para adoptar o Ubuntu, da Canonical.

Actualmente em terceiro lugar de vendas de computadores, a Lenovo – que adquiriu o negócio da IBM em 2005 assumindo um lugar mais destacado entre os fabricantes mundiais – quer colocar os novos modelos com Linux no mercado ainda no quarto trimestre deste ano. Sem adiantar pormenores de quais as linhas de produtos que terão o sistema operativo open source pré-instalado, a Lenovo garante que os portáteis serão dirigidos a utilizadores individuais e empresas.

O movimento de adesão dos fabricantes de computadores à pré-instalação de sistemas operativos Linux parece estar a consolidar-se e depois de experiências no mercado norte-americano os equipamentos devem chegar também à Europa. A Dell já confirmou que vai comercializar no mercado europeus os modelos com Linux e a Lenovo poderá fazer o mesmo.

A fabricante chinesa já tinha certificado vários portáteis ThinkPad para várias versões de Linux, como se pode ver nesta página. A pré-instalação pode agora simplificar a vida dos utilizadores e garantir o acesso ao equipamento a consumidores e empresas que não queiram ter o trabalho de instalar o sistema operativo.

Fonte: Sapo.pt

Na Aldeia mais digital de Portugal – Beijós

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *