Caso Lecomad – Basmold na tv e jornais

Por | 9 de Julho de 2008
Jornal do Centro:
A fábrica Basmad /Lecomad, que se dedica ao fabrico de portas e derivados de madeira,sededada em Oliveirinha, Carregal do Sal viu-se obrigada a dar férias a cerca de 250 trabalhadores. A empresa não pagou os ordenados de Maio e está sem dinheiro para comprar a matéria-prima.
Segundo a administração a culpa do fraco rendimento da empresa é da actual crise imobiliária em Espanha, mercado para onde a empresa exporta 95 por cento da sua produção. A falta de dinheiro para comprar a matéria-prima de modo a satisfazer todas as encomendas é o grande problema da Basmad / Lecomad.

Jornal de Notícias:
A GNR de Carregal do Sal foi chamada, domingo à tarde, às instalações da Basmad/Lecomad, uma fábrica de portas e derivados de madeira, instalada no parque industrial de Oliveirinha, Carregal do Sal, para “escoltar” a saída dos administradores, no momento em que os cerca de 250 trabalhadores estavam concentrados em frente à fábrica, que vive momentos difíceis.
“Uma concentração pacífica, organizada depois das conversações entre potenciais investidores e a administração não terem dado frutos nenhuns. Os trabalhadores estavam apenas indignados, não era necessária a presença da GNR. Ninguém ia fazer mal a ninguém”, explicam os operários, que já não recebem salários há dois meses e não trabalham desde o dia 1 de Julho, porque a empresa não tem dinheiro para comprar matéria-prima, caso agravou-se ainda mais, depois de, anteontem, também, a EDP ter mandado cortar a corrente eléctrica, alegadamente por falta de pagamento.

RTP

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *