Cientistas estudam sangue universal

Por | 3 de Abril de 2007
Os cientistas estão próximos de conseguir produzir um tipo universal de sangue, que poderá resolver o problema da incompatibilidade entre os vários tipos sanguíneos.
Hoje em dia não é possível fazer uma transfusão sem olhar para o grupo sanguíneo. Este distinguem-se por substâncias que existem nos glóbulos vermelhos e que podem causar graves reacções imunitárias e até a morte, nos receptores de sangue diferente.

Agora, um grupo de cientistas da Universidade de Copenhaga desenvolveu uma forma de retirar essas substâncias, sem danificar as células. O método poderá permitir a produção de glóbulos vermelhos universais convertendo sangue dos tipos A, B e AB. No tipo O, o chamado dador universal, o estudo foi publicado na última edição da revista Nature Biotechnology na Internet.

Fonte: TVI

Na Aldeia mais digital de Portugal – Beijós

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *