Microsoft, Google e Yahoo unem-se por liberdade de expressão

Por | 19 de Janeiro de 2007
A Microsoft, o Google, o Yahoo! e o grupo Vodafone uniram-se a diversas organizações não-governamentais (ONG) para criar um código de conduta digital de promoção da liberdade de expressão e do direito à privacidade.

Acusadas no passado de colaborar com a censura, as empresas de tecnologia vão desenvolver um sistema que tornará os signatários responsáveis pelas suas acções nas áreas visadas.

O grupo que será responsável pelas directrizes inclui as organizações Business for Social Responsibility, Berkman Center for Internet & Society, Electronic Frontier Foundation, Human Rights Watch e a Reporters Without Borders, todas elas ligadas à liberdade de expressão e aos direitos humanos digitais.

No ano passado, o Google foi criticado por fornecer uma ferramente de busca censurada na China, assim como de prover equipamentos e softwares que possibilitam a governos censurar informações e monitorizar as actividades online e offline dos cidadãos.

Também a Yahoo! foi citada por um grupo de direitos humanos por ter ajudado o governo chinês a identificar activistas políticos, que acabaram presos por publicar informações contra o poder político na Internet.

Fonte: Diário Digital

Na Aldeia mais digital de Portugal – Beijós

Arquivado em: Web

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *