ASAE apreende 1,3 milhões de euros em material informático contrafeito

Por | 21 de Dezembro de 2006

Ao longo do ano a Autoridade de Segurança Alimentar e Económica – ASAE – efectuou várias operações de fiscalização a 2,55 mil operadores económicos. O balanço final dá conta da apreensão de 468 computadores e periféricos, 34,052 mil CDs e DVDs pirateados, 335 programas de software ilegal e outros produtos contrafeitos colocando o valor total do material apreendido nos três milhões de euros.
Na área da informática foram fiscalizados 1.378 operadores económicos.
Destas operações resultaram 105 processos-crime, oito detenções e 80 processos de contra-ordenação. Em valor foram apreendidos 1,3 milhões de euros. As acções de fiscalização foram realizadas pelo continente português e levaram à detenção de 24 indivíduos, ao encerramento de quatro fábricas clandestinas (dedicadas à contrafacção de roupa e acessórios de marca) e à instauração de 516 processos crime.

Para a verificação do material examinado e para a prestação de informações úteis para a realização das actividades, a ASAE contou com o apoio da Polícia de Segurança Pública, da Guarda Nacional Republicana, da ASSOFT, da Associação Fonográfica Portuguesa, entre outras. Durante a época natalícia estão em acção operações de fiscalização nos diversos sectores económicos. Quanto às estimativas para o próximo ano, António Nunes, presidente da ASAE, afirma que a associação continuará a investir nas buscas e na fiscalização de feiras e organizações económicas com o objectivo de minimizar a taxa de contrafacção e de comercialização de produtos ilegais.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *