Universidade do Minho "reinventa" cadeira de rodas

Por | 24 de Novembro de 2006
“Enigma”. Assim se chama a primeira cadeiras de rodas omnidireccional que é, oficialmente, lançada, hoje, no pólo de Guimarães da Universidade do Minho (UM) pela spin-off académica “Soluções de Automação e Robótica” (SAR). Trata-se de um produto mundialmente inovador, 100% português, criado numa universidade, desenvolvido numa recém-criada empresa de base tecnológica e vai ser fabricado/comercializado por uma empresa já existente no mercado, com uma patente submetida e que venceu três prémios.
Desenvolvida pelo departamento de robótica da UM, a cadeira de rodas está a criar muita expectativa junto das associações da região que lidam com deficientes. Tudo porque é omnidireccional, isto é, “movimenta-se directamente sem manobras intermédias. Essa capacidade permite que a cadeira se desloque lateralmente sem ter que virar ou rodar, permitindo, também, manter um movimento rectilíneo e, simultaneamente, rodar sobre si própria ocupando a mesma posição no mesmo espaço”, explica o professor Fernando Ribeiro que, juntamente com Pedro Silva, Paulo Braga, Nuno Pereira e Ivo Moutinho são os inventores.

Fonte: Jornal de Noticias

One thought on “Universidade do Minho "reinventa" cadeira de rodas

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *