Um texto

Por | 20 de Novembro de 2006
Quando a nossa felicidade, alegria, prazer etc, existe por causa de algo ou alguém (emprego, amigos, namorada(o), familia), está dependente dessas pessoas. Quando termina (namoro, emprego, amizade, etc), ficamos tristes e até depressivos. Onde está o problema?

Em nós, no nosso APEGO ás “coisas”.

Porque nós realmente nunca temos nada, nada nos pertence, ninguém nem nada neste mundo. Essas “coisas” vêm e vão, pessoas principalmente, mesmo um casamento que dure toda a vida e isso já exige um grande esforço hoje em dia – um dia termina porque um dos dois morre.

Por isto a felicidade tem que estar dentro de nós, e não condicionada a uma circunstância externa, porque se ela estiver fora do nosso alcance, não temos o controlo da situação e seremos sempre arrastados.

Quando as pessoas agem bem connosco, sorrimos, se nos ofendem, ficamos tristes. Temos de ser os “donos” da nossa vida, não podemos dar esse “poder” a alguém, porque é muito, MUITO FACIL decepcionarmo-nos

One thought on “Um texto

  1. sulviassunção

    nada na vida nós pertence, e as vezes criamos tanto “APEGO” a objectos, ou a pessoas que nos custa depois abandona-los(as). mas é assim a vida e se só pensarmos nas partes negativas não a aproveitamos e esta é demasiado pequena.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *