Participação portuguesa na Cebit apoiada

Por | 25 de Novembro de 2006
O potencial tecnológico das empresas nacionais levou a Câmara do Comércio e Indústria Luso-Alemã a apoiar a participação portuguesa na edição de 2007 da maior feira europeia de tecnologias, a CeBIT.

O elevado número de participações internacionais no evento, assim como os milhares de visitantes que todos os anos se deslocam à Alemanha – 434 mil em 2006 -, faz da CeBIT uma forte oportunidade para o estabelecimento de contactos e negócios entre empresas.

Como tal, e por acreditar que para a implementação de negócios é necessário inovar, este ano o objectivo é aumentar a participação das empresas portuguesas em Hannover por forma a promover o que se produz em território nacional no sector tecnológico, afirmou hoje à imprensa Hans-Joachim Böhmer, director executivo da Câmara do Comércio e Indústria Luso-Alemã.

A adesão das empresas nacionais à CeBIT nos últimos anos tem ficado bastante longe do que seria desejado. Os dados demonstrados em conferência mostram que, na edição de 2006, Portugal marcou presença em apenas nove expositores entre os 6,167 mil stands existentes.

A fraca participação é justificada pelo responsável como um reflexo da “crise financeira” que tem atingido a economia nacional. Contudo, este ano o objectivo é contrariar essa tendência estando já marcada para hoje uma reunião com 20 empresas nacionais interessadas em participar na CeBIT 2007. No encontro serão mostradas as condições de participação no evento.

O número de empresas portuguesas que irão participar na próxima edição da feira ainda não está definido, embora seja já certa a presença de duas entidades nacionais, a Aveidigital e a Inova-Ria.

A Câmara do Comércio e Indústria Luso-Alemã irá apoiar todas as entidades portuguesas interessadas em participar, comprometendo-se a assumir a coordenação logística e organização daquele que será o pavilhão nacional. Para isso é necessário um número mínimo de espaço reservado aos candidatos, cujo valor se fixa nos 100 m².

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *